Zootecnista vence Prêmio ABPA de Pesquisa Aplicável 2015

21/08/2015 11:30

Sarah Sgavioli avaliou a manipulação térmica contínua durante a incubação associada ou não à injeção de ácido ascórbico e é vencedora do Prêmio ABPA de Pesquisa Aplicável 2015

O objetivo foi analisar a manipulação térmica contínua durante a incubação (39°C), associada ou não à injeção de ácido ascórbico (AA) (6µg/100μL água) sobre parâmetros sanguíneos de frangos de corte criados sob temperatura fria, quente e termoneutra (preconizada para a linhagem). Os valores da pv CO2 foram maiores (P<0,05) nas aves criadas em temperatura quente. Aumento na pv CO2 gera queda de pH, mas isso só foi registrado para aves de ovos incubados à 39ºC e injetados com AA. Não foram observados aumento de HCO3- (P>0,05). Alta temperatura de incubação, associada ou não à injeção de AA in ovo, induziu adaptações epigenéticas no balanço eletrolítico das aves, não favorecendo a ocorrência da alcalose respiratória em frangos criados sob temperatura quente, até os 41 dias de idade. 

Acesse a íntegra do trabalho “Ácido ascórbico in ovo e alta temperatura de incubação sobre parâmetros sanguíneos de frangos de corte criados em estresse térmico” em: 
http://www.avisite.com.br/cet/ 

 

FONTE: Avisite