Veja infográfico sobre carne de cavalo que mostra a linha do tempo e algumas curiosidades

07/03/2013 20:32

Os ministros da Agricultura se reuniram na semana passada em Bruxelas para discutir sobre o escândalo da carne de cavalo em todo o o continente europeu. Em resposta, eles pediram ainda mais testes de DNA em produtos de carne.

O infográfico abaixo feito pelo Instituto Australiano de Segurança Alimentar mostra a amplitude e a profundidade da ocorrência do episódio. O escândalo veio a público quando a Autoridade de Segurança Alimentar da Irlanda anunciou que DNA de suíno e cavalo foram encontrados em produtos que deveriam ser feitos, apenas, de carne bovina. A carne de cavalo foi encontrada em produtos derivados de carne bovina em pelo menos 14 países da União Europeia (UE).

infographic-horsemeat traduzido

Crédito do Infográfico: Mike Stewart, Australian Institute of Food Safety.

As almôndegas da suíça IKEA, que deveriam conter somente carne bovina e suína, foram descobertas com carne de cavalo em testes conduzidos na República Tcheca. O IKEA tirou o produto do varejo. Logo depois dos testes de DNA irlandeses terem sido anunciados, as vendas por várias importantes cadeias de supermercados na Europa foram descobertas contendo carne de cavalo. Os testes expandiram-se para produtos congelados e foi encontrada carne de cavalo em lasanhas e espaguete à bolonhesa embalados.

Foram feitos testes em outros países e mais marcas devido ao aumento do escândalo. Os países envolvidos agora incluem até as distantes Romênia e Suécia. Além do IKEA, as marcas envolvidas incluíram Burger King, Nestlé, Bird’s Eye, Findus e muitas outras. Três pessoas foram presas no Reino Unido em fevereiro.

Processadores de alimentos afirmam que a carne de cavalo não oferece nenhum risco à saúde humana, desde que não seja cavalo de corrida devido à utilização de analgésico conhecido como fenilbutazona ou bute. É importante, portanto, conhecer a procedência da carne.

A reportagem é do foodsafety.com.au/infographics/horsemeat, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.