Setor de aves registra prejuízos com a greve dos fiscais agropecuários federais, diz Ubabef

13/08/2012 20:33

 

 

Após decisão do STJ, profissionais começaram a retomar as atividades nesta segunda, dia 13

Reprodução

Mesmo com o retorno de parte dos profissionais, fiscalizações só devem normalizar dentro de uma semana, diz Ubabef

Os fiscais federais agropecuários começaram a retornar ao trabalho nesta segunda, dia 13. O sindicato que representa a categoria acatou a determinação do Superior Tribunal de Justiça na última sexta, dia 10, para que o trabalho seja mantido com 70% ou mais dos fiscais agropecuários. Segundo informações do presidente da União Brasileira de Avicultura (Ubabef), Francisco Turra, apesar de ainda não terem sido contabilizados, osprejuízos para o setor devido à paralisação foram muitos. Segundo Turra, mesmo com a retomada dos trabalhos pelos fiscais, as inspeções só devem voltar à normalidade dentro de, no mínimo, uma semana.

A fiscalização dos produtos agropecuários é apenas uma das atribuições do profissional. Ele é responsável pela emissão do certificado e faz o controle do trânsito de produtos agropecuários de origem animal e vegetal, além dos insumos que entram e saem do país.

Durante o processo, além do fiscal do Ministério da Agricultura, é obrigatório o acompanhamento também de um funcionário do próprio terminal até o local onde está a carga, e de um  representante legal da importadora, que sempre é feita por um despachante. O primeiro item conferido pela equipe é o nome do importador, seguido da data de produção e também de validade. O número do lote registrado no Ministério da Agricultura é fundamental para saber se o produto está apto para o consumo. 

 

CANAL RURAL