Sebrae/Abed - Empresa suinícola reaproveita recursos e evita danos ao meio ambiente

02/12/2013 20:40

Aproveitar ao máximo os recursos e utilizá-los de forma sustentável, para evitar danos ao meio ambiente. Essa é a perspectiva de atuação da empresa Pork Terra, situada na cidade de Caconde (SP).  A Pork Terra é tema do quarto programa de rádio sobre inovação produzido pelo Sebrae em parceria com a Associação Brasileira de Educação a Distância (Abed).

Empresário cria usina de agroenergia para pequenos negócios

Empresário cria usina de agroenergia para pequenos negócios

A sustentabilidade surgiu na Pork Terra com um incômodo, conforme revela João Paulo Muniz, proprietário da empresa que opera com a criação, abate e produção de artigos derivados da carne suína. João Paulo lembra que os dejetos dos animais produziam um odor forte e desagradável que chegava a incomodar até os vizinhos. Com a ajuda de um químico ele passou a transformar esses dejetos em biogás.

A partir da produção do biogás, surgiu toda uma cadeia de aproveitamento dentro da Pork Terra. “O gás eu uso para mover as caldeiras da empresa e o que sobra dele eu transformo em biofertilizante, que utilizo como adubo na lavoura de milho”, informa Muniz.

O milho colhido na lavoura serve como ração para os suínos. Outro material aproveitado é a banha dos animais, transformada em biodiesel para combustível dos veículos e geração de energia. Do biodiesel ainda surge uma nova utilidade: as sobras da substância viram sabão e glicerol para enriquecer a ração.

Lucro
Com tanto aproveitamento, João Paulo contabiliza a economia. “Com esses processos, pago 50% da minha energia, produzo 100% do sabão e da ração e 50% do adubo. Minha propriedade tem sustentabilidade”, assegura.
Na opinião de Muniz a inovação passa pela ecologia. “Inovar é sobreviver com sustentabilidade, sem agredir o meio ambiente. Meu lucro vem da sobra e isso é inovar”, afirma.

O empresário paulista diz que para inovar é necessário ter persistência. “Muitas vezes acordava no meio da noite para trabalhar, mas consegui forças para ir adiante”, afirma.

João Paulo aproveita para agradecer o apoio que obtém do Sebrae Nacional. “Tenho divulgado meu projeto pelo País, com o apoio do Sebrae”, conta o empresário, que se transformou em consultor. Com os conhecimentos adquiridos ao longo de anos em sua propriedade, Muniz já ajudou na montagem de três usinas movidas a agro-energia, duas em Minas Gerais e outra em São Paulo.

Serviço
Agência Sebrae de Notícias
(61) 3348-7138 e 2107-9362

Pork Terra
(19) 3662-8162