Rede de hotéis luxo para cães vai abrir filial em Nova York

15/08/2012 21:58

 

 

Hotel tem academia de ginástica, parques, spa e motorista para os animais. As diárias em suítes vão custar até R$ 400.

Uma rede de hotéis de luxo para cachorros vai abrir uma filial no bairro Chelsea, em Nova York. O hotel tem suítes que custam até o equivalente a R$ 400 a diária e conta com academia de ginástica, três parques, alta gastronomia, um spa e, inclusive, serviço de motorista para os animais.

hotel D Pet, que já conta com um estabelecimento em Los Angeles e prepara uma nova filial no estado do Arizona, apresentou nesta terça-feira em seu site sua versão nova-iorquina "do hotel para cachorros mais luxuoso da cidade", com quartos confortáveis que custam entre US$ 79 e US$ 200, e camas de design sofisticado.

O luxuoso hotel conta com um espaço de quase mil metros quadrados distribuídos em 50 suítes equipadas com TV a cabo e reprodutor de DVD, além de três parques nos andares superiores para os diferentes tamanhos de cães e que conta com funcionários especializados em realizar atividades e brincadeiras com os cães.

Os cães poderão degustar, além disso, menus exclusivos compostos de arroz, verduras e cordeiro ou frango, por cerca de nove dólares.

Também haverá um espaço para o cuidado com a higiene dos bichinhos, um spa no qual os cachorros poderão receber sessões de tosa, massagens, banhos, limpezas bucais e tratamentos corporais com óleos, sem se esquecer de uma peculiar pedicure.

O hotel será responsável por pegar os animais em seus lares, com um serviço de motorista personalizado, em veículos luxuosos como Ferrari, Porsche e Rolls Royce.

Na academia, os cachorros que precisarem de exercícios físicos contarão com um treinador e um sofisticado sistema de ventilação que renova o ar cada dez minutos, além de uma trilha sonora com temas relaxantes para que os hóspedes não se estresse.

Fotos do hotel especializado em oferecer luxo a cachorros nos Estados Unidos (Foto: Reprodução)Fotos do hotel especializado em oferecer luxo a cachorros nos Estados Unidos (Foto: Reprodução)

Fonte G1