Promessa de um bom futuro para a pecuária

17/03/2015 20:20

 

DANILO UCHA/JN/ESPECIAL/JC
Luiz Cláudio Paranhos, presidente da ABCZ
Luiz Cláudio Paranhos, presidente da ABCZ

A pecuária brasileira está consolidada, vive um bom momento de produção e comercialização, tem condições de enfrentar as dificuldades de 2015 e um futuro muito promissor. A informação é do presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu, o Zootecnista Luiz Cláudio Paranhos, que apresentou, em Uberaba (MG), um estudo da entidade sobre a potencialidade da pecuária, que poderá duplicar a produção e quintuplicar as exportações de carne nos próximos 30 anos. Em 2012, o País produziu 8,5 milhões de toneladas de carne, consumiu 7 milhões/t e exportou 1,5 milhão/t, faturando US$5 bilhões. De acordo com a ABCZ, a melhoria genética e das pastagens e o crescimento do mercado levarão o Brasil a produzir 17,6 milhões de toneladas de carne, em 2042, ficando o consumo interno em 8,5 milhões/t e as exportações pulando para 8,5 milhões/t, numa movimentação total de US5 28 bilhões. O mercado interno não crescerá muito, deixando espaçopara exportar, “porque o brasileiro já come muita carne, 42 kg/ano”.