Professor é eleito presidente da Sociedade Brasileira de Zootecnia

10/09/2014 20:40

SBZSociedade Brasileira de Zootecnia

Docente assumiu cargo na reunião anual da sociedade ocorrida na Barra dos Coqueiros

Claudson Oliveira Brito � eleito 3� vice-presidente da SBZ

O professor do Departamento de Zootecnia da UFS Claudson Oliveira Brito tornou-se presidente da Sociedade Brasileira de Zootecnia (SBZ) em eleição durante a 51ª reunião anual da entidade, que ocorreu de 29 de julho a 1º de agosto na Barra dos Coqueiros. O professor candidatou-se ao posto em 2010, assumiu o cargo de terceiro vice-presidente em 2011 e, agora, apresidência.

Com a presidência em Sergipe, segundo o docente, têm-se as vantagens de tornar a UFS mais visível, apossibilidade de expandir o conhecimento gerado dentroda universidade e de desenvolver o curso de Zootecniano estado. “Buscamos apresentar à comunidade científica do Brasil e do exterior que a Universidade Federal de Sergipe existe e ela tem um curso que produzciência animal”, afirma.

“Eu sou mineiro e trabalhei em São Paulo por uns quatro anos, antes de vir para a UFS. Até então, não tinha muito conhecimento sobre o que é o Nordeste, quais são e qual o peso das universidades nordestinas na ciência. E hojeeu vejo que nós temos muito conhecimento científico”, completa.

Segundo o professor Claudson, sua gestão pretende: divulgar o conhecimento produzido no estado e as ações epesquisas na área de Zootecnia através de palestras e entrevistas, levando assim também o nome da universidade emque ele está alocado; elevar a revista da sociedade no quadro Qualis (qualificação da Capes);dentre outros.

Zootecnia em Sergipe

Fundado no campus de São Cristóvão em 2006, o curso de Zootecnia da UFS estará presente também no novo campus em Nossa Senhora da Glória. Quanto a importância dessa expansão, Claudson observa: “Quando você tem umprofissional na área aumenta-se a possibilidade do sucesso. Quando a gente forma profissionais em São Cristóvão ecomeça a formar profissionais no Sertão, em Glória, a chance de você ter esse profissional para poder orientarmelhor os pequenos produtores aumenta e muito. Dentro de 10 a 12 anos, o estado de Sergipe será outro celeirona produção de alimentos”.

    Ainda de acordo com o novo presidente da SBZ, o curso de Zootecnia é um grande colaborador e responsável pelaprodução de alimentos no país, como um todo. “Em 1975, a nossa produção de frango era pequena, a gente quas enão exportava. À medida que aumenta o curso de Zootecnia no país, a produção de alimentos na área de carnes aumenta consideravelmente. O crescimento dos cursos no estado, São Cristóvão e em Glória, gera uma grande expectativa na produção de alimentos. Carne, leite, ovos, serviços”.

Reunião anual em Sergipe

A 51ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Zootecnia teve como tema “A produção animal frente às mudanças climáticas e tecnológicas”. O evento contou com aproximadamente 950 pessoas, de várias partes dos Brasil e domundo. A próxima reunião anual acontece em Belo Horizonte.  

Voltado para os pesquisadores, profissionais da esfera pública e privada, empresários, professores e alunos de graduação e pós-graduação, o evento, dividido em palestras, premiações, apresentação de trabalhos, teve como objetivo debater a conscientização das consequências das mudanças climáticas e seus efeitos sobre o agronegócio,como também apresentar as novas tecnologias que beneficiem a produção animal direta ou indiretamente.

Visite o site do evento.

Ascom

comunica@ufs.br

Fotos: Saulo Coelho/Embrapa Tabuleiros Costeiros.

seg, 08/09/2014 - 13:39