Plano de Incentivo à Pecuária Bovina

08/03/2014 19:55

O Plano de Incentivo à Pecuária Bovina, denominado (Plano Mais Pecuária) tem como objetivo aumentar de forma sustentável a produtividade e a competitividade da pecuária bovina de leite e de corte, por meio de ações coordenadas, em benefício da sociedade brasileira.

O Plano será executado na forma de dois programas: o Mais Leite e o Mais Carne. Cada programa está organizado em quatro eixos estruturantes, sendo eles:


Dentro de cada eixo, serão desenvolvidos uma série de projetos, tanto pelo governo quanto pela iniciativa privada, visando alcançar o objetivo estratégico. A duração do plano será de 10 anos.

O plano terá sua gestão no Mapa, por meio de um comitê gestor e um comitê executivo, sendo este último responsável pelo relacionamento com as Câmaras Setoriais do Leite e Derivados e da Carne Bovina, também com a Subcomissão Permanente do Leite da Câmara dos Deputados, instituições de pesquisa e outros Ministérios, tais quais: Fazenda, Desenvolvimento Agrário e Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.
 

A pecuária leiteira é uma das atividades mais tradicionais do meio rural brasileiro e, de acordo com o último censo agropecuário (IBGE, 2006), existem no Brasil aproximadamente 5,2 milhões de estabelecimentos rurais dos quais 25% (aproximadamente 1,35 milhões) produzem leite, envolvendo cerca de cinco milhões de pessoas. O valor bruto da produção de leite em 2013, por exemplo, foi de R$ 22,9 bilhões, contribuindo para movimentar principalmente a economia das pequenas e médias cidades brasileiras (Brasil, 2014).

Apesar da alta produção de leite no País, cerca de (32,3) bilhões de litros por ano, a produtividade do rebanho nacional é baixa, cerca de 1,471 litros/vaca/ano (IBGE, 2013).
 

Gráfico 1 – Produção e produtividade dos maiores produtores de leite do mundo



As estatísticas oficiais apontam que atualmente no Brasil 8,5% dos estabelecimentos de produção (cerca de 115.000 produtores) são responsáveis por 53,1% do leite produzido no país. Ou seja, a grande maioria dos produtores de leite (91,5%) possuem rebanhos que produzem apenas 46,9% do leite brasileiro.


_______________________________________________________________________



Objetivo


Aumentar a produção e produtividade da pecuária brasileira de leite em 40% nos próximos 10 anos. 

A meta é alcançarmos uma produção de 2000 litros/vaca/ano.


Carne


A pecuária de corte brasileira é um dos pilares do agronegócio. Em 2013 o Valor Bruto da Produção (VBP) de carne foi de R$ 51,1 bilhões, atrás apenas do complexo soja (Brasil, 2014). A cadeia produtiva da carne movimenta R$ 167,5 bilhões por ano, gerando aproximadamente 7 milhões de empregos (Neves, 2012). Em 2013, o País produzirá 9,6 milhões de toneladas de carne bovina, das quais cerca de 7,6 milhões toneladas serão destinadas ao mercado interno (Conab, 2014).

Apesar de o Brasil ser destaque na produção mundial de carne bovina, a produtividade do rebanho nacional ainda é baixa. O País possui uma grande quantidade de terras destinadas à pastagem (aproximadamente 160 milhões de hectares de acordo com o Censo Agropecuário de 2006), porém a maior parte delas está degradada e a produção de gado no País é feita com uma taxa de 1,3 animais/há.
 

_______________________________________________________________________



Objetivo


 Aumentar a produção em 40% e a produtividade em 100% 

De acordo com a proposta, a taxa de lotação passaria dos atuais 1,3 para 2,6 animais/ha. Sem a necessidade de expansão da fronteira agrícola (ou seja, sem derrubar uma árvore sequer) a intensificação da proposta permitiria aumentar a produção em 40%, além de liberar 46,2 milhões de ha para outras atividades.

 

Faça o download aqui: