Alimentação dos pintinhos assim que nascem garante bom desempenho das aves

06/07/2014 16:30

 

Saiba quais cuidados pós-eclosão são importantes para a saúde das aves no quadro Dr. Pecuária

Eduardo Ongaro
Foto: Eduardo Ongaro
Pintinhos nascem com cerca de 40 gramas e podem chegar a 200 gramas em uma semana

O progresso genético constante reduz o período da criação do frango de corte e as primeiras horas e dias são decisivas na manifestação do potencial genético da ave. Após a eclosão, o pintinho deve ter acesso ao alimento o mais rápido possível.

O benefício é observado no ganho de peso aos sete dias e esta vantagem é maximizada aos 42 dias. Mas se houver demora em receber a ração, a microflora dos pintinhos será afetada, comprometendo a absorção dos nutrientes e sua imunidade.

O zootecnista e gerente de Nutriserviços – Aves e Suínos da Guabi, João Carlos de Angelo, explica que a alimentação nestes primeiros dias deve ser balanceada, contendo proteínas, energia, aminoácidos, vitaminas e minerais. Ele frisa que esta alimentação não inclui o uso de hormônios, que são proibidos no Brasil.

Além dos cuidados de alimentação, o zootecnista explica a temperatura ideal dentro do criatório.

– É muito importante o controle de temperatura nesta fase, pintinho tem o seu sistema próprio de regulagem da temperatura pouco desenvolvido. A zona de conforto nessa fase é entre 30ºC e 32ºC.

O manejo sanitário na granja de pintinhos também precisa ser constante.

– A cada lote que sai, é necessário que seja feita uma desinfecção completa da granja, troca da cama onde as aves ficam acondicionadas, lavagem das telas, é fundamental para que o lote sucessivo tenha bom desempenho.

Por fim, é preciso evitar a entrada de visitantes nas granjas.

– O controle de biossegurança da área de produção avícola é para ser frequentada por quem está dentro do negócio, não é pra ser visitada.

Assista à entrevista:

 

CANAL RURAL