Pintinho com quatro patas vira atração em Luziânia

06/02/2013 19:39

Zootecnista diz pode ser anomalia genética ou má divisão das células.

 
Pintinho com quatro patas despertou curiosidade de moradores de Luziânia, Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Pintinho com quatro patas desperta curiosidade, em Luziânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Um pintinho com quatro patas está causando alvoroço nos moradores de Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. O empresário Márcio Renato Araújo possui uma fazenda e ganhou a ave, junto com outras 50, de presente de um amigo de Goiânia.

O pai dele, Eli Araújo, percebeu o pintinho diferente quando foi dar ração para os filhotes. “Meu Deus, foi surpresa demais, nunca vi na minha vida uma coisa dessas”, comenta o dono da ave. Ele alegou que nem acreditou quando o pai o chamou para ver o pintinho, que nasceu há menos de duas semanas.

O comentário da ave diferente se espalhou por Luziânia. Segundo Márcio Araújo, todo mundo está curioso para ver o pintinho. “‘Só acredito vendo, tenho que ver pra saber se é verdade.’ Isso é o que o povo mais me fala agora”, conta o empresário.

 

Márcio Araújo levou o animal para a casa onde mora na cidade, até que ele fique forte. “Ele está bem de saúde, mas trouxe pra casa pra ter certeza de que ele vai viver”, ressaltou o dono do pintinho. Ele anda com duas patinhas, as outras ficam para trás, suspensas, conta o empresário.  Márcio disse que vai levar a ave para um veterinário para saber o motivo de ele ter as quatro patas.

Anomalia
Apesar da surpresa dos moradores de Luziânia, o doutor em zootecnia da Universidade Federal de Goiás (UFG) Victor Rezende Moreira Couto afirmou ao G1 que a anomalia do pintinho não é normal, mas acontece com uma certa frequência. “É muito mais comum do que a população pensa, principalmente em incubadoras, onde há milhares de nascimentos”, ressaltou o zootecnista.

Victor Rezende explica que a anomalia pode ter causa genética ou na má divisão de células. O mapeamento genético é um dos exames que podem ser feitos para encontrar a justificativa de o pintinho ter quatro patas, esclarece o especialista.

O zootecnista informou ainda que, mesmo que o dono da ave tenha mais cuidados com ela, a probabilidade maior é de que o animal não sobreviva.

 

Dono mostra as quatro patas do pintinho (Foto: Márcio Araújo/ Arquivo pessoal)Dono mostra as quatro patas do pintinho (Foto: Márcio Araújo/ Arquivo pessoal)
Pintinho com quatro patas - parte 3 (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)Pintinho anda com duas patas e deixa as outras suspensas, em Goiás (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)

Fonte G1