Menino encontra ovo em formado de ‘L’ em sítio de Toledo, no Paraná

05/03/2015 17:15

Família de proprietários rurais do oeste diz nunca ter visto nada igual.
‘Guardei o ovo para depois ver o que tem dentro’, afirma tia de garoto.

Gustavo encontrou o ovo diferente no sítio da tia, em Toledo (Foto: Katiane Weisheimer)Gustavo encontrou o ovo diferente no sítio da tia,
em Toledo (Foto: Katiane Weisheimer)

O garoto Gustavo Weisheimer, de nove anos, surpreendeu a família ao encontrar um ovo em formato de ‘L’. A descoberta foi feita no domingo (1º) em uma propriedade rural de Toledo, no oeste do Paraná. “Ele sempre está aqui com a gente e fica por aí catando os ovos que as galinhas põem. Criamos as galinhas para consumo próprio. E, nunca tínhamos visto nada igual”, conta a tia do menino, Cleide Weisheimer.

“Quando ele encontrou o ovo diferente, veio nos gritos contar para a gente. Ficou todo contente e curioso com a novidade”, lembra a tia. "Às vezes", completa, "a gente encontra ovos de outras cores, verde, azul, vermelho, ou de tamanhos distintos, mas nunca em outro formato que não fosse oval. As galinhas mais novos colocam ovos menores e sem gema. Mas só isso”, compara.

Passada a surpresa, Cleide disse que pretende guardar o ovo por um tempo e depois quebrá-lo. “A curiosidade agora é para saber o que tem dentro. Se é normal ou não”, brinca.

Fenômeno comum
De acordo com a zootecnista e gerente executiva do Instituto Ovos Brasil, Tabatha Lacerda, o fenômeno é bem comum e pode ser causado por vários motivos, como por exemplo, a falta de cálcio ou de fósforo no animal, defeito no oviduto – por onde passa o ovo –, excesso de cloro na água que a galinha bebe, ou até mesmo o estresse.