Governo negocia com quatro sindicatos

14/08/2012 20:47

 

 

Reuniões acontecem hoje no Ministério do Planejamento, como parte da ofensiva encerrar greve. Principal conversa será com a confederação dos servidores federais

Os representantes dos 182 mil técnicos administrativos de universidades e institutos tecnológicos federais – sendo 117 mil da ativa - recebem nesta terça-feira (14) resposta do governo sobre o pedido para alterar de 15,8% para 25% o salário da categoria, conforme antecipou o iG na semana passada. Os técnicos serão representados por dois de quatro sindicatos que se encontram hoje com o secretário de relações de trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça.

 

 

Além da Federação de Sindicatos de Trabalhadores das Universidades Brasileiras (Fasubra) e o Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe), Mendonça conversa com representantes da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef) e a Associação dos Trabalhadores Fiocruz (Asfoc).

As conversas são as primeiras de uma série agenda pelo Planejamento até o final desta semana, como parte de uma ofensiva coordenada pelo ministério a pedido do Palácio do Planalto para encerra a greve generalizada que se espalhou pelo país. A Condsef calcula em 350 mil o número de servidores estão de braços cruzados em todo o País . Segundo o Planejamento, o número oscila entre 70 mil e 80 mil de 582 mil na ativa.

Semana decisiva: Servidores em greve começam a acampar na Esplanada e preparam novos protestos

Na primeira rodada de negociações, o principal encontro será com a Condsef. O sindicato terá duas reuniões com Mendonça. Na primeira, às 10h, o tema será o Decreto 7.777 , assinado pela presidenta Dilma Rousseff para autorizar a substituição de servidores federais grevistas por agentes da esfera estadual e municipal com função similar – medida adota principalmente para facilitar o desembarque de carga nos portos, após paralisação dos trabalhadores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Avisa).

A central sindical representante dos servidores federais terá outro encontro com o secretário às 14h, quando apresenta proposta de reajuste de salário e plano de carreira para funcionários públicos de 30 categorias.

 

Fonte: IG