Explore as células de um animal como se estivesse no Google Maps

08/08/2012 19:22

 

Nova tecnologia junta fotos tiradas a níveis microscópicos e permite que você explore animais a níveis celulares

por Redação Galileu

 

Editora Globo
Crédito: Reprodução, Universidade de Rockefeller

A imagem acima parece uma foto tirada através de um microscópio, retratando um pequeno ser. Em parte, você está certo - afinal é uma imagem de um bicho pequenino, produzida por um microscópio.

No entanto, não é apenas uma foto deste embrião de peixe-zebra, mas várias, unidas por um programa de computador em uma imagem de enorme resolução - 281 Gigapixels. O que isso significa? Que se você der um zoom na foto, em um programa especial, poderá ver o peixinho a nível celular.

A ideia é parecida com a do Google Maps - você explora os lugares através do mouse, usando zoom. Mas, agora, você pode ver por dentro de animais. Este processo foi batizado de nanoscopia.

Para você ter uma noção da escala, o embrião inteiro mede 1,5 milímetros - e, se você der o zoom de maneira certa, poderá ver até o núcleo das células. Quer testar? Entre no site da Universidade de Rockefeller e brinque à vontade.