Comidas do futuro: saiba o que estará na sua mesa daqui 20 anos

25/04/2014 09:32

UOL - O melhor conteúdo

Mesa do futuroO que você vai comer daqui 20 anos? É uma pergunta a se pensar, considerando que o crescimento da população mundial e mudanças climáticas podem interferir nas colheitas e nas áreas de pastagem. 

Vamos ver o que alguns futurólogos pensam para a sua refeição? Confira nas páginas a seguir.Marcos Inoue/UOL

De seis patinhas...Não é brincadeira, não! Segundo a FAO (Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura), os insetos são a comida do futuro. 

Há cerca de 900 espécies comestíveis, todas ricas em proteína! Têm pouca gordura e boas doses de cálcio e ferro também. A produção de insetos, ou "mini-pecuária" apresenta vantagens com relação à criação de gado: os insetos ocupam pouco espaço, consomem menos água e se reproduzem com facilidade. 

Apesar de muitas culturas já consumirem insetos, não se preocupe: é provável que eles venham ao seu prato em forma de salsichas ou hambúrgueres! Que tal?Marcos Inoue/UOL
Carne in vitroHambúrguer de insetos ou hambúrguer de laboratório? Esta segunda opção envolve a criação de carne a partir de células do músculo do boi. Essas células são cultivadas e crescem até poderem ser usadas como hambúrguer. 

Vantagens? Além do debate ético de ter uma carne livre de sofrimento animal, a produção da "carne in vitro" usa muito menos energia, terra e água do que a criação de gado. 

Também é possível adicionar nutrientes e controlar a quantidade de gordura nela! O problema é que o gosto ainda não está o dos melhores, mas os cientistas dizem que vão chegar lá!Marcos Inoue/UOL
Comida impressaAs impressoras 3D prometem ser um item indispensável do lar. Hoje em dia podemos imprimir brinquedos e até mesmo próteses nelas. Mas, e se pudéssemos imprimir uma pizza de verdade? 

Com o Cornucopia, um projeto do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) que tem um pesquisador brasileiro envolvido, poderemos fazer isso!

Ao invés de cartuchos de tinta, o equipamento armazena ingredientes e um braço robótico cuida de transformá-los, cozinhando, aquecendo ou resfriando, com uma precisão de décimos de milímetro!Marcos Inoue/UOL
Lasanha de ventoQue tal ir pra uma festa e se esbaldar de comida... inalável? É o que dizem os pesquisadores da Universidade de Harvard: o bufê do futuro vai ter uma porção de aromas de comida que as pessoas podem respirar! 

Em uma espécie de tigela de vidro, chamada "Le Whaf", alimentos tornados líquidos são vibrados e transformados em vapor. Dessa forma você pode saborear uma lasanha sem culpa já que a quantidade de calorias ingeridas é mínima!Marcos Inoue/UOL